Menu Toggle

Bem-vindo ao Fórum Vodafone

Aditivos e Internet Móvel

Gasto de dados móveis não corresponde à utilização

Mellowship
Novo Utilizador

O plafond de dados móveis do meu Yorn X esgotou hoje. 

Quando verifiquei os gastos das aplicações que não estão incluidas no tarifário, vi que durante o último mês (ou seja, desde 24 de juho), gastei apenas cerca de 300 MB, o que acaba por ser o normal. Geralmente acabo o mês com cerca de 500 a 600 MB gastos do saldo de 1 GB de dados móveis.

Ou seja, há aplicações que estão incluídas na lista de plafonds incluidos no tarifário (Spotify, Tidal, Youtube, etc.), mas que estão a contabilizar para o gasto de saldo de dados.

Em conversa com assistente da Vodafone (para a qual paguei 0.95€ de chamada...), a desculpa foi a mesma de sempre: que devem ter sido actualizações, etc, quando os dados reportados pelo sistema android relativamente a actualizações durante o útimo mês são de 23KB de actualizações de sistema e 22.8KB de actualizações da Play Store. O telefone está configurado para apenas actualizar sistema ou aplicações a partir de WiFi.  

Este problema, juntamente com outras questões, está a fazer-me considerar mudar de operadora... 

 

Resumidamente, há cerca de 700 MB de saldo que me foi, simplesmente, subtraido. 

Mostrar mais
8 RESPOSTAS 8
Prag_Vodafone
Moderador

Olá @Mellowship

A Vodafone aplica a taxação com base na informação enviada pelo seu equipamento na rede.

 

Contudo, algumas apps podem aceder a plataformas/serviços/sites de outros fornecedores e esse tráfego poderá ser descontado do pacote de dados do tarifário (exemplo: na app do Facebook ou Twitter não está incluído o tráfego de páginas web externas como vídeos no Vimeo, sites de notícias, etc. …).

 

O funcionamento das Apps Gratuitas ocorre sempre que o telefone tenha em vigor as definições de apn2.

E apesar da generalidade do tráfego destas apps estar incluído, poderá existir uma fração do mesmo que não fique identificado e que, por esse motivo, seja descontado do pacote de MB’s do tarifário. Esta situação poderá ocorrer caso os fornecedores das apps ou dos serviços que as suportam façam alterações ou atualizações.

Obrigado

Prag_Vodafone

Mostrar mais
Mellowship
Novo Utilizador

Muito obrigado pela resposta, a qual já tive oportunidade de ver noutros threads semelhantes.

Relativamente às afirmações:


"O funcionamento das Apps Gratuitas ocorre sempre que o telefone tenha em vigor as definições de apn2."

 

- O ponto de acesso definido é o net2.vodafone.pt como sempre foi. É uma definição por defeito.

"E apesar da generalidade do tráfego destas apps estar incluído, poderá existir uma fração do mesmo que não fique identificado e que, por esse motivo, seja descontado do pacote de MB’s do tarifário. Esta situação poderá ocorrer caso os fornecedores das apps ou dos serviços que as suportam façam alterações ou atualizações."

- Como tal, essa situação é completamente alheia ao cliente, não lhe podendo ser imputadas responsabilidades ou consequências e havendo o lugar à restituição hierárquica daquilo que foi indevidamente subtraído ao cliente. 

- Eu posso demonstrar, de forma peremptória, que a minha utilização de dados foi responsável e de acordo com o descrito. Como é que a Vodafone quer que eu o demonstre? Querem que vá a uma loja mostrar o telefone? Ou serve um printscreen da relação de dados móveis que gastei durante o último mês? 

Mostrar mais
Marta_Vodafone
Moderador

Essa situação faz parte das condições do tarifário e está descrita no mesmo publicamente.

 

A taxação é aplicada conforme a informação que o serviço\equipamento enviam para a Vodafone.

 

Esclarecemos ainda que contadores válidos são os indicados no My Vodafone e não no equipamento uma vez que, o equipamento não sabe o funcionamento do tarifário, inicio de ciclo, como é feita a contabilização dos dados, etc.

 

 

Obrigada,

Marta_Vodafone

Mostrar mais
Mellowship
Novo Utilizador
O que está a dizer é que eu não tenho, então, forma válida de demonstrar à Vodafone que os gastos de dados que eu tenho correspondem ao que eu afirmo que gastei, pois aquilo que é relatado pelo equipamento não é viável, certo?
Então devo exigir que a Vodafone demonstre que os dados que gastei não estão incluídos naquilo que é estipulado nos termos de serviço? Como posso exigir essa contabilização? Será que a ANACOM pode ter acesso a esses dados?
Mostrar mais
Rute_Vodafone
Moderador

Olá @Mellowship,

 

Pode verificar todos os seus consumos e detalhes de comunicações através da app My Vodafone.

 

Obrigada,

Rute_Vodafone

Mostrar mais
Mellowship
Novo Utilizador
A APP My Vodafone especifica, para o cliente, o gasto de dados por aplicação, para que eu possa confirmar, exactamente, que aplicação ou aplicações foram responsáveis pelo gasto excessivo de dados do plafond e que não corresponde aos registos do sistema Android?
Mostrar mais
BrunoF_Vodafone
Moderador

Não é possível verificar quais os dados consumidos por cada aplicação ou site, sendo apenas apresentado o consumo total.

 

Obrigado

Brunof_Vodafone

Mostrar mais
Mellowship
Novo Utilizador
Então é mais do que a minha palavra contra as vossas alegações: se não conseguem demonstrar que o gasto de dados foi feito em aplicações que não afectam o plafond de 1gb, eu consigo demonstrar exactamente isso. Se não têm ou não são capazes de apresentar evidência que sustenta as vossas alegações e tudo o que sabem fazer é dar respostas difusas aos clientes, eu consigo fazê-lo. O registo de dados do sistema Android, neste caso, juntamente com a boa fé do cliente, seriam suficientes para vocês darem razão ao cliente e devolverem o que o cliente tem direito. Pelo menos é mais do que vocês apresentam, que é nada.
Eu não gastei mais que 300 MB de dados do plafond de 1 GB durante os últimos 30 dias. Vocês dizem que sim, portanto o ónus da prova é obrigação de quem acusa. Demonstrem então que o fiz.
Se não conseguirem demonstrar que o gasto de 1GB foi feito por aplicações não incluídas nas excepções, e mesmo assim se recusarem a atender ao pedido de um cliente muito antigo, fica demostrado peremptoriamente que não estão a agir de boa fé. Nesse seguimento, seguirá queixa para a ANACOM.
Mostrar mais