Menu Toggle

Bem-vindo ao Fórum Vodafone

My Vodafone

Mau Parceiro

Novo Utilizador

Sou cliente há vários anos. Sempre tive uma política de excelente relacionamento, especialmente com os colaboradores do Parque das Nacões. Ultimamente esta relação vêm-se deteriorando por manifesta incompetência no atendimendo telefónico, quando se reclama. Vamos aos factos: telefonema informando a minha discordância quanto à alteração do montante do tarifário. Resposta "é assim e assim,mesmo". Bem, mas eu não pedi nada disso."Não interessa é assim mesmo". Já agora, como é a questão dos contadores.? "Foi tudo a zeros". Mas nunca foi assim, está no contrato. " Está enganado e se descobrir escreva, que vai ser uma grande descoberta". 

Não é a reprodução "sic", mas o importante é a ideia. Cliente está enganado, passam-lhe um atestado de menoridade e assunto resolvido. E para mim tudo estaria, pois o jovem é jovem e a vida está difícil. Mas hoje, resolvido o problema dos contadores, que o jovem não sabia, pois os meus espelhavam a minha opinião, dizia eu, que ao passar os olhos pelo contrato, verifico que a alteração só se opera a partir de determinada data de Setembro mantendo-se e para os contratos anteriores mantém-se o mesmo montante. Como é? Não por causa de mais um euro, mas ou é ou não é!  

Mostrar mais
4 RESPOSTAS 4
Moderador

Olá @Focipriano

 

Lamentamos a situação que nos reportas. Envia-nos o NIF por mensagem privada para podermos verificar.

 

Obrigado

BrunoC_Vodafone

Mostrar mais
Novo Utilizador

Então aí vai: XXXXXXXXX.
Cumprimentos

Mostrar mais
Moderador

Olá @Focipriano

 

Editámos o teu comentário por conter dados confidenciais. Encaminhámos a exposição para a àrea responsável, aguarda um contacto assim que possível.

 

Obrigado

BrunoC_Vodafone

Mostrar mais
Highlighted
Novo Utilizador

EXMOS. SRS. DA VODAFONE PORTUGAL S.A.

 

RECLAMAÇÃO

 

ASSUNTO: INCOMPETÊNCIA DE COMERCIAL, ERROS SUCESSIVOS NA PORTABILIDADE, NECESSIDADE DE PAGAMENTOS INDEVIDOS EM MENSALIDADES DE OFERTA À VODAFONE E DE MENSALIDADES À MEO POR NÃO CANCELAMENTO POR PARTE DA COMERCIAL EM QUESTÃO, ETC.

 

Venho por este meio dar conta da situação atual em que me encontro e requerer a resolução célere da mesma, em virtude de poder resultar em rescisão do contrato e/ou ação judicial contra a Vodafone e/ou contra a V/ comercial Sara Pinheiro.

 

Por deficiências no serviço que possuía na MEO, por intermédio da comercial Sara Pinheiro (residente em Águas Santas – Maia; Telemóvel nº 910651842 e email - sarapinheiro@gmail.com), decidi cessar o contrato, o qual a referida comercial afirmou e reforçou ser feito por ela (Possuo documentos de Pedido de Portabilidade e Rescisão de Contrato e de Pedido de Portabilidade, Denúncia de Contrato e Autorização para a realização de testes).

Aderi então à Vodafone, sendo o processo bastante célere. No entanto, pedi especificamente que fossem breves na portabilidade dos números móveis por a minha vida profissional depender disso, nomeadamente esperar um contacto para obtenção de emprego. A dita Sara Pinheiro assegurou que tudo seria feito muito rapidamente, em menos de um dia.

Pois bem, a instalação do equipamento foi realizada a 21/11/2016 e a portabilidade do número fixo foi feita no dia 22/11/2016. Os cartões da MEO foram desativados a 23/11/2016, deixando nós de poder receber chamadas.

Aguardamos algumas horas, mas como os cartões novos não ficavam funcionais, contactei a comercial, que ficou de se inteirar da situação e me comunicar, coisa que não fez! No dia seguinte liguei novamente e insisti! A D. Sara afirmou ir ao escritório resolver a situação e me ligar. Novamente não o fez!! Por sms reclamei e ela “lavou as mãos” e recomendou ligar para a linha de apoio.

Assim o fiz a 24/11/2016!!! Detetaram que a portabilidade dos cartões não tinha sido realizada, apesar de eu possuir os pedidos assinados, com ambos os números de telemóvel bem identificados. Informaram ainda que nos deveriam ter sido dados 2 cartões “virgens” para a portabilidade ser bem sucedida (em deterimento dos que nos foram dados).

Recomendaram deslocar-me a uma loja Vodafone para mais rapidamente pedir a portabilidade (em 24 horas poderia estar concluída) e assim fiz.

No dia 25/11/2016, antes de ir à V/ loja, ligaram-me da linha de apoio ao cliente a perguntar porque motivo estava insatisfeito. Após contar a situação disseram que poderiam tratar da situação e que em breve tudo estaria resolvido. Pois, caso não tivesse ido à loja ainda nada estava feito!!!

Fui então à Loja Vodafone do Maiashopping no mesmo dia (25/11/2016), pedi a resolução da situação e fiz uma reclamação escrita (Nº Ordem Serviço: 1-19NM9KSW), à qual nenhuma resposta me foi dada!

No dia 28/11/2016 (uma semana após a instalação da box) foi finalmente realizada a portabilidade dos números móveis.

 

Durante os primeiros dias de utilização da box, detetamos, e informamos através da linha de apoio, que em diversas gravações e gravações automáticas aparecia a mensagem de que a rede estava muito lenta para a reprodução das mesmas. Inclusivé, diversas gravações nem foram possíveis visionar. Atualmente até várias gravações estão mal temporizadas pois terminam frequentemente antes do fim da série gravada.

Houve vários contatos com os V/ técnicos, nos quais foram informando que, de facto, foram detetados erros e lentidão da rede e continuariam a averiguar a situação. Pois, bastou não poder atender as suas chamadas por 2 vezes para não mais questionarem, como se a questão tivesse ficado resolvida (coisa que não ficou). A verdade é que pago para ter este serviço vergonhoso, com um comando cujas teclas não direcionam para os serviços devidos e que cujos problemas impedem o usufruto das supostas condições que deveriam oferecer.

 

No que a faturas diz respeito, por mail recebi a de outubro (com período de 23/10 a 22/11), quando só assinei a documentação a 16/11/2016 e quando a instalação foi feita a 21/11/2016, sem falar das portabilidades… O valor era justamente de 0 euros.

Questionei, pela linha de apoio, se a faturação com este período equivalia a uma mensalidade de oferta. Explicaram-me que teria efetivamente 60 dias de oferta, independentemente do período de faturação. Aliás, até me ofereceram os poucos dias até 22/11/2016!

Por carta recebi a fatura de novembro com o valor de 3,98 euros a pagar! Dirigi-me à V/ loja, perdendo tempo do meu trabalho, para resolver um novo problema criado por vocês. Felizmente normalizaram a situação com nota de crédito.

Há dias, recebi novamente por mail nova fatura de novembro com 12,63 euros a pagar!!! Como é isto possível quando me atribuíram 2 mensalidades de oferta???! E ainda apresentam valores errados e injustos de comunicações a pagar nos vários números móveis, incluindo o cartão dado inicialmente pela incompetente da comercial, e no número fixo! Inacreditável!

 

Se isto tudo não fosse suficiente, ainda recebi há dias, uma nova fatura da MEO, emitida a 22/12/2016 e referente à data posterior a 22/11/2016, para pagar, no valor de 64,39 euros.

Na loja da MEO descobri que a cessação do contrato não tinha sido feita (tal como prometeu a comercial Sara Pinheiro), mas somente a portabilidade dos cartões (que também foi pessimamente efectuada pela mesma, obrigando a repetir o pedido na loja). Como tal, exigem o pagamento deste valor e, uma vez que só nessa altura fiz efetivamente a cessação, ainda vou ter de pagar mais algum valor (que só saberei na próxima fatura).

 

Em suma, exijo a resolução desta situação escandalosa:

- normalizando a situação dos problemas da box;

- normalizando a emissão de faturas da Vodafone com valores a pagar, sobretudo com 2 mensalidades de oferta. Não aceito que me cobrem sequer 1 cêntimo por chamadas, muito menos por chamadas efetuadas nos cartões dados erradamente e só utilizados pela demora na portabilidade ou por chamadas para a linha de apoio ao cliente para resolver todos os problemas causados por vocês ou pelos V/ colaboradores;

- procedendo à devolução dos 64,39 euros que terei de pagar à MEO, assim como do valor da próxima fatura (que informarei logo que tenha conhecimento dele).

 

Caso esta situação não se resolva em breve, avançarei com rescisão por justa causa devidos a tantos e tão maus serviços prestados, assim como colocarei ação judicial contra a Vodafone e/ou contra a Comercial Sara Pinheiro.

 

Aguardo os V/ contactos e a resolução célere da situação.

 

 

Atentamente,

 

       Marco Bruno Ribeiro de Matos

(NIF – xxx/ Nº CONTA – xxx)