Menu Toggle

Bem-vindo ao Fórum Vodafone

Outros Serviços

Qualificação/habilitação Técnica dos funcionários do Apoio Técnico das Lojas Vodafone

Highlighted
Visitante

Bom dia Smiley muito feliz

 

Como pode ver, aqui estão as fotos do telemóvel, que tirei ontem. Será que tenho de tirar a porcaria do vidro temperado também para mostrar que o display não está partido?

 

É que foi precisamente por ele não ter sido tirado completamente e só ligeiramente levantado é que o "técnico" "deduziu" que estava partido, porque viu um reflexo que não passava, certamente, de um reflexo da luz da janela ou do posto de trabalho! 

 

Com o ecrã apagado (que era como estava) e com o vidro ligeiramente levantado, como poderia ele "diagnosticar" algo com precisão e decidir que se tratava, nada mais que o display partido, que, SÓ POR ACASO depois decidiu auto-reparar-se e ligar-se de novo?

 

Mas se for preciso eu tiro. VOCES pagam-me é um vidro novo, se o display não estiver partido. VALE?

 

Mostrar mais
Highlighted
Moderador

Olá @fernvieira,

 

Compreendemos que pretenda ver esclarecida a análise feita em loja. Contudo, este tipo de análises só pode ser feita presencialmente e antes de aceitar qualquer equipamento para reparação. Desta forma não temos outro feedback que possamos dar. 

 

Caso o equipamento ainda mantenha alguma anomalia, sugerimos nova deslocação a uma Loja Vodafone, com assistência técnica. Pode confirmar no site, qual a Loja mais próxima de si, colocando o visto na opção "Assistência Técnica" antes de fazer a pesquisa. Como alternativa, pode também deslocar-se a um centro técnico da marca.

 

 

Obrigada

Marta_Vodafone

 

Mostrar mais
Highlighted
Visitante

Cara Marta

O que eu tenho estado aqui a expor é, precisamente, que o MEU equipamento NÃO APRESENTA QUALQUER ANOMALIA  e a questionar a competência técnica dos "técnicos" (passe o pleonasmo) das lojas (in casu, da loja) Vodafone, que fazem (in casu que fez) diagnósticos errados com base em avaliações ad hoc que podem "custar" a garantia dos equipamentos  (o que no caso em apreço é muito grave, pois o meu equipamento ainda  nem tem 3 meses e poderá vir a necessitar da mesma, e com um diagnóstico errado, se a perde,  deixa de poder usufruir de um direito que lhe é retirado injustamente), ou custar dinheiro aos consumidores sem que para o efeito haja necessidade, com orçamentos, reparações e aluguer (empéstimos) de equipamentos susbstitutos.

 

Ou seja, que o MEU equipamento não tem, como lhe foi diagnosticado, o display partido, funciona perfeitamente e está optimo de saúde, e que o "técnico" falhou redondamente no seu diagnóstico, e que, se eu o tenho enviado para reparação como me foi sugerido, teria perdido a garantia do mesmo, pago um display novo e AINDA o aluguer de um equipamento de substituição enquanto o meu estava "a reparar" algo que não carecia de reparação.

 

Logo, sugiro que ou dêm formação adequada aos "técnicos" ou que os mesmos se certifiquem dos pseudo-diagnósticos que fazem aos clientes antes de lhes tentarem cobrar valores que não têm a certeza que devem ser cobrados assim como só devem desencadear o processo de cancelamento da garantia DEPOIS dos equipamentos regressarem da reparação conjuntamente com as peças substituidas, a fim de garantir que as mesmas se encontram dentro do conjunto daquelas que são consideradas passiveis de perca da garantia.

 

Espero que esta exposição sirva de alerta para situações futuras, pois pessoalmente, no futuro, certamente não procederei da mesma forma, mas sim, procederei à respectiva reclamação no Livro de Reclamações e identificarei o técnico em apreço, para que, eventualmente, sofra as consequências de ter prestado um mau serviço e ter deixado mal uma empresa de "renome".

 

Pela parte que me diz respeito, como já disse, deixarei, logo que termine a fidelização deste equipamento, de ser cliente da Vodafone. 

 

Já são demasiados diagnósticos errados e falhas que me poderiam custar dinheiro que, afinal, uma, se resolvia com um simples clip, que era tocar na palheta da porta do carregador, e teria evitado que eu comprasse este Samsung Galaxy A7 e agora esta, que me ia custando a garantia do telemóvel e cento e tal euros de um display que afinal, não estava partido, mas sim, tratava-se apenas de um equipamento sem bateria. Teria bastado o "técnico" utilizar outro carregador da loja, ou encaixar melhor o meu carregador na porta usb.

 

 

Mostrar mais