Menu Toggle

Bem-vindo ao Fórum Vodafone

Tv / Canais e Programação

Eleven Sports - Subscrição que NUNCA aconteceu

Highlighted
Novo Utilizador

Boa noite.

 

Ao ler a fatura do período de 09 de maio a 08 de junho deparei-me com um valor diferente do habitual, nomeadamente uma verba de serviços suplementares.

 

Ao verificar no verso, reparo que me pretendem efetuar a cobrança de um serviço de subscrição da Eleven Sports, na quantia equivalente ao período de 01 a 08 de junho. Ora pus-me a fazer zapping no comando (sim, porque eu até hoje nem sequer sabia que os canais da ElevenSports são do 42 para a frente), e qual não é o meu espanto, de facto os vários canais da Eleven Sports estavam funcionais.

 

Ora isto é FALSO. Eu NUNCA subscrevi a Eleven Sports. Nem eu nem ninguém em minha casa, ou seja, nem a minha esposa, nem as minhas filhas de 5 anos. Aliás, eu nem sequer sabia que a ElevenSports era de subscrição gratuita até 1 de junho, e mesmo que soubesse, não subscrevia de qualquer das formas, pois não vejo canais de desporto.

 

Reparei, ao procurar e cancelar essa subscrição no menu de cliente da minha box, que de facto o valor de subscrição seria de 9,99€ num mês, portanto em teoria resta ainda ser-me faturado cerca de 70% de uma subscrição que eu NUNCA fiz.

 

A VODAFONE terá agido de má fé, se de facto permitiu que no meu tarifário TV/NET/VOZ, que foi recentemente renovado por mais 2 anos de fidelização, tivesse sido permitida a subscrição automática e sem o meu conhecimento de um canal que na altura em que fiz a renovação do contrato estaria gratuito, mas que obviamente iria voltar a ser pago; ora não tendo eu conhecimento dessa operação, nem estando tão pouco habituado a navegar o menu das subscrições (de facto, em mais de 2 anos de cliente, nunca fiz uma única subscrição de nenhum canal pago), era óbvio que iria pagar o primeiro mês, mal o canal voltasse a ser pago.

 

Tendo em conta o tempo de espera não habitual no número de atendimento ao cliente da Vodafone (já ia em 18 minutos quando decidi cancelar a chamada e vir à internet), suponho que existam mais pessoas com problemas similares...?

 

Este procedimento é inqualificável por parte da Vodafone, e pretendo que na fatura de junho não seja efetuada QUALQUER cobrança referente à subscrição deste canal "premium", e pretendo de igual forma a devolução do valor cobrado na fatura de Maio em forma de crédito para a fatura do mês seguinte, por exemplo.

 

Espero que possa continuar a ser cliente da Vodafone, que de facto até hoje não me falhou uma única vez.

 

Cumprimentos,

 

 

Rui Carvalho

Mostrar mais
2 RESPOSTAS 2
Highlighted
Moderador

Ola rui_brochado

 

A subscrição de canais Premium apenas é efetuada pelo Cliente através da Tv Vox ou App Tv Vodafone, não sendo no entanto possível ativar sem a acção do Cliente/utilizador.

 

É sempre recomendado que o Cliente tenha ativado o pin parental de forma a evitar subscrições acidentais.

 

Contudo para podermos verificar a situação, envie-nos uma mensagem privada com os seguintes dados:

 

- Número de conta Vodafone
- Nome completo do titular
- Morada completa do titular

 

Obrigado

Brunof_Vodafone

Mostrar mais
Highlighted
Novo Utilizador

@BrunoF_Vodafone  escreveu:

Ola rui_brochado

 

A subscrição de canais Premium apenas é efetuada pelo Cliente através da Tv Vox ou App Tv Vodafone, não sendo no entanto possível ativar sem a acção do Cliente/utilizador.

 

É sempre recomendado que o Cliente tenha ativado o pin parental de forma a evitar subscrições acidentais.

 

Contudo para podermos verificar a situação, envie-nos uma mensagem privada com os seguintes dados:

 

- Número de conta Vodafone
- Nome completo do titular
- Morada completa do titular

 

Obrigado

Brunof_Vodafone


Boa tarde.

 

1 - Enviei mensagem privada com os dados solicitados

2 - O "não ser possível" é em teoria, porque na prática estou convicto que foi isso que aconteceu mesmo; nem eu nem ninguém no meu agregado familiar subscrevemos, pelo que a subscrição terá sido feita sem a minha autorização. Veja o que se passou por favor.

 

Cumprimentos,

 

Rui Carvalho

Mostrar mais