Menu Toggle

Bem-vindo ao Fórum Vodafone

Tv / Serviços

Resposta a Mensagem SMS recebida ontem (2020.05.18 à tarde) do 16912.

asousa57
Novo Utilizador
Prezada(o)s Senhora(e)s da Manutenção dos Serviços da VODAFONE (16912 / 16913):

Ontem recebi a seguinte SMS do 16912:

"""""
No seguimento da dificuldade que nos reportou, tentamos contacta-lo para que seja efectuado agendamento de intervencao tecnica do ID ADSL 112365017. Agradecemos que nos contacte via 16913, opcao 1, no prazo de 24h, caso contrario a dificuldade reportada sera cancelada.
"""'""

Respondendo à vossa SMS, cumpre-me informar-vos, como já vos tinha dito em contactos anteriores tanto telefónicos com o 16912 e 16913 como pessoalmente na loja da Rua Sá da Bandeira no Porto, que fez o correspondente registo no vosso sistema informático de reclamações, de que não é possível entrar em minha casa para fazer qualquer tipo de manutenção neste momento, devido à situação de Pandemia porque atravessamos e por residirem em minha casa pessoas extremamente idosas que não podem ser expostas a qualquer tipo de risco que qualquer entrada em casa de pessoas estranhas ao agregado familiar acarreta, segundo estrita orientação médica.

No entanto, como já vos disse em contactos anteriores acho muito estranho terem de entrar na minha residência para resolverem a situação de falta de linha (tanto de dados como de voz), uma vez que não só os equipamentos estão em perfeito estado como também, segundo informação anterior dos vossos serviços, já teria sido detectado que o problema se deve a um cabo de rua da MEO que está danificado, devido a obras, o qual transporta o sinal tanto de voz como de dados até ao prédio onde moro e que ainda não foi arranjado, o que também me foi confirmado por um técnico da MEO, pelo que vos volto a solicitar que antes de quererem fazer qualquer teste, providenciem junto da MEO o conserto do cabo danificado, pois após esse conserto ser executado poderá muito bem acontecer a devolução do sinal e da transmissão regular de dados ao meu serviço.

Posteriormente ao conserto do cabo podem depois os testes, eventualmente necessários, para verificar o bom funcionamento, serem feitos à distância, via contacto telefónico, por um técnico vosso que entre em contacto comigo, como já se processou outras vezes no passado em situações idênticas, evitando que eu continue sem acesso a qualquer serviço contratado, como já acontece desde o início do passado mês de Março de 2020 (dois meses e meio!!!), o que me tem causado grandes transtornos e prejuízos, por me estar a privar de poder resolver assuntos importantes e urgentes com a utilização do vosso serviço que contratei há mais de uma década!

Informo ainda que essa necessidade de resolverem o problema dos testes "à distância" se deve ao facto de enquanto os meus familiares bastante idosos estiverem em casa (como sempre estão) e o risco de entrar em casa qualquer pessoa estranha ao agregado persista, conforme orientação médica rigorosa, não será possível a entrada em minha casa para fazer qualquer tipo de intervenção.

Eventualmente em Outubro próximo, caso as duas pessoas idosas vão passar uma semana na casa de outro familiar, como em princípio está previsto e, caso se venha a verificar ser mesmo incontornável a necessidade de acesso à residência para fazer qualquer tipo de teste, avisar-vos-ei então dessa disponibilidade através de contacto electrónico ou pessoalmente na loja da Rua Sá da Bandeira, o que a acontecer, nunca acontecerá antes de Outubro de 2020. Até lá, peço que não insistam na execução dos testes "in loco".
No entanto, devido aos prejuízos que estou a ter por inoperância do vosso serviço contratado, seria desejável que tentassem resolver a situação pela manutenção imediata do cabo danificado da MEO e execução remota dos testes subsequentes à distância, caso se torne imprescindível serem feitos, tentando evitar que caso eu tenha prejuízos de elevado montante em consequência do atraso no conserto da avaria, os tenha que vir a cobrar da Vodafone. Neste caso, agradecia que me contactassem, por esta via, tão logo o cabo danificado esteja reparado/consertado.

Atentamente,

ANTÓNIO MANUEL FONSECA DE SOUSA
Mostrar mais
4 RESPOSTAS 4
BrunoF_Vodafone
Moderador

Olá @asousa57

 

Sempre que existe alguma anomalia detectada no serviço, mesmo que seja no exterior, poderá ser necessário que os técnicos entrem na residência do cliente de forma a ser possível efetuar os testes para despistar anomalias e garantir que ficará tudo a funcionar corretamente. Contudo a anomalia poderá também estar nos equipamentos, sendo necessário testar essa situação.

 

Informamos ainda que a Vodafone Portugal ativou um plano de prevenção específico para o COVID-19, integrado no plano de continuidade de negócio, cujo principal objetivo é proteger colaboradores, fornecedores, parceiros e clientes.

No que diz respeito aos serviços técnicos, a Vodafone trabalha com um conjunto alargado de parceiros, com quem tem estado em permanente contacto de forma a garantir que os mesmos seguem as medidas de higiene e segurança recomendadas.

Entre estas medidas encontram-se a validação, por parte da Vodafone, de que os clientes a quem será feita a intervenção não se encontram de quarentena ou vigilância; a utilização de luvas, desinfetantes e máscaras por parte dos técnicos; e ainda a sensibilização dos mesmos para os protocolos de segurança durante a realização dos trabalhos.

Obrigado

Brunof_Vodafone

Mostrar mais
asousa57
Novo Utilizador
Sr. Bruno, BOA TARDE!

Tudo o que escreveu na teoria é muito tranquilo e bonito até porque o papel aceita tudo, além de por muita segurança que se tenha, nunca a cobertura do risco é garantida!

E quando se tem pessoas com 95 e 91 anos em casa, a única forma para não haver problemas de consciência futura, tanto nossa, como preocupação dessas pessoas é não haver qualquer agente externo no espaço por eles ocupado.

Como tal, é essa a nossa opção de segurança para essas pessoas que nos são muito queridas.

Assim, tudo terá de ficar para quando essas pessoas, meus pais, não estiverem aqui em casa, que como disse, será previsivelmente em Outubro, pelo que solicito que tome esta decisão em boas nota relativamente à SMS que ontem me enviaram.

Cumprimentos,

ANTÓNIO SOUSA
Mostrar mais
Anónimo
Não aplicável

Olá @asousa57,

 

A Vodafone compreende a situação que nos coloca contudo, também é garantido que devido à atual situação do país serão tomadas as devidas precauções necessárias.

 

É necessário a deslocação do técnico a casa do Cliente de forma a, garantir que todas as dificuldades foram ultrapassadas e que se encontra tudo em conformidade.

 

Em alternativa, deverá contactar-nos via 16913 para efeitos de reagendamento.

 

 

Obrigada,

Marta_Vodafone

Mostrar mais
asousa57
Novo Utilizador
Boa Noite Sra. D. MARTA!
Disse na sua mensagem:

"É necessário a deslocação do técnico a casa do Cliente de forma a, garantir que todas as dificuldades foram ultrapassadas e que se encontra tudo em conformidade."

1 - Não se percebe como o técnico tem que ir a casa do cliente certificar-se de que as dificuldades foram ultrapassadas, pois o cabo deteriorado da MEO ainda não foi substituído/reparado!

2 - A verificação e/ou testes de que tudo está a funcionar bem, apenas depois de reparada a avaria do cabo ADSL da MEO, pode muito bem ser feita à distância, em teletrabalho conjugado com o cliente, como aliás sempre foi feito em vezes anteriores quando ocorreram situações idênticas. Por acréscimo de razão esse tipo de verificação à distância nunca foi tão necessário de ser usado como agora em tempos de pandemia!

3 - Por tudo isso, será que esta situação está a ser colocada para forçar a opção de passagem a fibra, como um empregado da VODAFONE, que me escuso de identificar, por motivos óbvios, me disse que está a acontecer, como aliás aconteceu na Ribeira do Porto com a mesma MEO que inviabilizou linhas ADSL?
A confirmar-se a repetição desse **bip** neste caso e nesta situação concreta, isso configurará uma situação de extrema gravidade legal.
A VODAFONE deve providenciar junto das MEO a reparação do cabo ADSL danificado por obras, o que já confirmei com um técnico da MEO, ter sido o caso, pois sem essa reparação não há teste que substitua essa providência.
A MEO, agora ALTICE, pelos vistos, quer acabar à força com as linhas da ADSL, como já tem violado também contratos com os seus clientes! À VODAFONE compete defender os seus clientes junto da suposta operadora infractora que detem a gestão das linhas ADSL. ESSA ATITUDE, A ASSIM SER, CONFIGURA UMA ILEGALIDADE PUNIDA POR LEI.

É essa postura da VODAFONE que o cliente deseja.

Cumprimentos,

ANTÓNIO SOUSA
Mostrar mais